Design de Interiores – 2º semestre

Olá pessoal!

Caramba, como o tempo voa! As férias acabaram (snif) e ontem começou tudo de novo. E no campus novo. De nada adiantaram as reclamações, porém, foi bom rever os amigos e ouvir o que a coordenadora tinha prá dizer e, gente do céu, foi cada babado cabeludo!!! No fim das contas, eu comecei a analisar a situação por outro ângulo sabe? Vai ser mais difícil? Muito. Vai ser mais puxado? Também. Mas acho que não vou morrer por causa disso. Tem gente que muda de estado e até de país prá estudar, por que eu vou fazer biquinho à essa altura do campeonato? Um cara da minha turma disse uma coisa muito simples e importante. Ele disse: QUEM QUER CORRE ATRÁS E PASSA POR CIMA DA DIFICULDADE. E então me dei conta de que talvez eu tenha agido – e reclamado – no calor do momento. O campus 2 é mais espaçoso, tem mais suporte para atender os alunos, laboratórios top, infra-estrutura adequada e é super tranquilo. O campus 3 não tinha nada disso. A única vantagem era o fácil acesso. Como dizem os ingleses; não há gosto sem desgosto. Então concluí que gastar mais com transporte prá ter condições melhores de estudo e aprendizagem, pode valer a pena.

2fe86bea85f573550313d03791fc91b5
Imagem: arquivo pessoal

Ontem tivemos aula de Linguagem de decoração e estilos, a professora se manifestou sobre esse babado todo dizendo que depois que a gente se formar, ficaremos tão realizados e felizes que nem vamos mais nos lembrar dos problemas. Ela tem razão. Talvez eu estivesse errada em alguns pontos, talvez eu tenha me estressado à toa, ninguém gosta muito de sair da zona de conforto, mas quer saber? Admito que exagerei. Vou chupar essa manga mesmo que ela seja azeda.

Um outro cara da minha turma me encheu os pacovás por causa desse assunto. Chegou a dizer que eu deveria ser mais inteligente, ou seja, me chamou de burra. Sinto muito, mas a situação me obrigou a ser um pouco rude. Isso foi durante as férias. Na sala de aula ontem, ele causou. Resolvi não dar Ibope prá não me estressar. 

Alguns desistiram do curso, fiquei triste sabe? Me apego muito às pessoas e, por conta disso, sou taxada de lésbica (quando me apego à meninas); ou dizem que estou afim (quando me apego aos meninos). Caramba né? Eu sou assim, sou apaixonada por gente, gosto das pessoas que fazem parte do meu cotidiano e não vejo mal nenhum nisso. Melhor que sair por aí distribuindo ódio e antipatia.

Eu demorei prá escrever esse post porque queria ver como acabaria essa novela. Agora que acabou, e que é irreversível, bem, me sinto aliviada. E também, eu queria contar como foi o desenrolar da história.

Bola prá frente.

E que o segundo semestre venha quente por que eu já estou fervendo.

Bjs

Anúncios

4 comentários em “Design de Interiores – 2º semestre

  1. Ah, no fim da sempre certo pra mocinha do filme!!! Que bom deu tudo certo, (apesar das pedrinhas no caminho) , o importante é que você esta aí firme e forte pra um futuro melhor.

    Curtir

  2. Bom, não tem nada de errado em reclamar quando nos sentimos prejudicados. Afinal, vai ser trabalhoso chegar ao novo campus, vai…mas o que não tem remédio, remediado está. Fazer o quê? Ainda bem que tem como chegar, né não? E que legal que o novo espaço é bacana e que vocês terão acesso a tudo! Boa volta às aulas!

    Curtir

    1. Pois é Eliana, é como eu falei: não há gosto sem desgosto. Fazer o quê? Tem horas na vida que temos que engolir sapos né? Esse eu tô engolindo à duras penas! kkkk
      bj

      Curtir

Obrigada por comentar. Seu comentário aguardará aprovação. Comentários grosseiros e mal educados não serão respondidos, nem publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s