Projeto de brinquedoteca

Pois é… após vários meses, finalmente estou de volta ao meu amado blog, rs…

E aí? Tudo bem com vocês?

Senti muita falta de tudo nesse período. O corre-corre na universidade me deixou sem tempo prá tudo quase que literalmente, mas isso já ficou muito claro prá quem me acompanha desde o Blogger né?

Enfim… Agora estou de férias. Isso é ótimo, porém, tenho 8 livros para ler e ainda tenho que me preparar para o Enade. Sem contar que, por ser o último semestre, a correria tende a piorar. (Se é que isso é possível). Ah, e estou fazendo dois cursos também. Já que é grátis, por que não? Bora aproveitar as férias né?

Mas… para não dizer que não falei das flores, vou postar umas fotos de um dos projetos que desenvolvemos nesse semestre. É um estudo sobre a influência das cores no ambiente.

Tivemos muitos projetos nesse semestre, 90% das aulas foram mais desenhando do que escrevendo.

Meu grupo é composto por 4 pessoas (eu e mais 3), então, todas nós ficamos sobrecarregadas. Houve dias em que não conseguíamos se quer raciocinar com clareza. Foi puxado prá caramba, pois precisamos pensar em todos os detalhes possíveis, principalmente naqueles que o cliente não vê e nem entende. Sem falar dos milhares de cálculos que vem junto com o pacote. Tudo precisa se encaixar e combinar perfeitamente. Essa é uma das funções do designer: proporcionar conforto ambiental, beleza e funcionalidade baseando-se (também) na ergonomia.

Bem, em Processos Criativos em Design, a proposta era criar e desenvolver um ambiente para um público específico e usar cores que trouxessem benefícios ao público alvo.

O primeiro passo foi escolher o ambiente e definir o público alvo. Optamos por uma brinquedoteca para crianças entre 6 e 11 anos. A partir daí, parti para as pesquisas pois essa parte ficou sob minha responsabilidade. E foram várias… pesquisas sobre a medida de móveis para crianças nessa faixa etária, itens de segurança, tamanho confortável e ideal para a quantidade de crianças que iriam usufruir do espaço, funcionamento das brinquedotecas, atividades oferecidas, qual o papel da biblioteca e da leitura no cotidiano infantil, brincadeiras preferidas das crianças, tipos de atividades lúdicas e educativas, o que essas crianças esperam de uma biblioteca, cores, influência das cores, iluminação, conforto… Ufa! Cansa só de pensar, rs…

Após resolver todas essas questões, parti para os desenhos. Toda boa ideia começa num rascunho…

20150530_004215
Arquivo pessoal

Não sei se dá prá ver direito, a iluminação da facul deixa as fotos muito ruim, mas também né? É um tal de apaga e redesenha que só vendo! Nem sei como essa folha sobreviveu.

Abaixo, a planta baixa decorada, ou como nós falamos, vista superior colorida.

picsart_10-19-05-33-531
Arquivo pessoal

Pensei numa brinquedoteca onde a criança pudesse não apenas brincar, mas ler, interagir com outras crianças, jogar, assistir pequenos espetáculos circenses e peças teatrais e por isso, no canto superior esquerdo, criei um mini palco com tenda de circo. A professora amou!

Depois disso, fiz essa planta em 2 perspectivas e a Larissa pintou. A professora queria que fosse usada a técnica do rendering e essa parte ficou com a Larissa, mas como dá prá perceber, o rendering passou bem longe, hahaha!

picsart_10-19-04-52-541
Arquivo pessoal

Parece meio vazio né? Pois é… a professora pediu apenas estudo de cores, ou seja, móveis, decoração, e desenhos perfeitos não seriam tão exigidos porque ela queria mesmo, era saber se sabemos usar as cores em favor do ambiente e dos usuários dele. Fiquei meio decepcionada pois passei várias noites em claro desenvolvendo esse projeto. Mostrei os rascunhos prá ela e pedi umas orientações. À princípio, ela não deu muita bola, mas quando leu o briefing, o memorial descritivo e viu o projeto pronto, ela ficou muito satisfeita. Ela disse:

– Perfeito! Vocês fizeram mais do que eu pedi e me apresentaram mais do que eu esperava! Tô muito satisfeita!

Nunca me esquecerei dessa frase. NUNCA!

Bem, você deve estar se perguntando: “afinal, que nota você recebeu?”

Bem, eu te respondo… DOIS. Tanto esforço para ganhar 2. Isso é chocante, mas 2 pontinhos podem te tirar do inferno e te levar ao céu mole, mole. E era a nota máxima, mas para fechar o semestre, apresentamos outros desenhos feitos em rendering que somados a esse, dava o resultado da nota final, ou seja, todo esse esforço não foi para conseguir uma nota equivalente a nota de prova, mas sim, apenas uma “ajuda”. Nessa disciplina, não há como fazer provas, então fizemos milhares de desenhos que equivalem a uma prova. Mentira, foram só 6, que eu vou postar em outro post.

Tem outras fotos no Facebook tá?

Enfim… estou feliz de poder finalmente matar a saudade de vocês. Obrigada pelo carinho gente… Comente se você também teve saudade, ou se já precisou se virar nos 30 por causa de alguns pontinhos.

Bjs…

Anúncios

4 comentários em “Projeto de brinquedoteca

  1. Haha! Estou na mesma! Voltei com blog também agora que estou de férias e vou me esforçar para continuar postando quando as aulas voltarem. Seu trabalho ficou show, parabéns! xxx

    Curtir

  2. Eu gostei desse projeto, ficou bem legal. Vida de universitario nao e facil mas todo o esforco e tempo que voce ta gastando agora pra ser uma profissional melhor vai fazer diferenca no seu futuro. Boa sorte com seu curso.
    Beijinhos

    Curtir

Obrigada por comentar. Seu comentário aguardará aprovação. Comentários grosseiros e mal educados não serão respondidos, nem publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s