Um dia na Paulista

Oi gente! Tudo bem por aí?

Durante o período em que estive sumida da blogosfera, lembrei de várias coisas que deveria ter postado e não postei. Eu tive a oportunidade de fazer alguns passeios muito legais e até conheci pessoas muito especiais prá mim. Olha como eu tenho sorte!

; )

Ano passado (não sei por que não postei antes!) tive um dia super especial na Avenida Paulista, a principal avenida da cidade de São Paulo e um dos meus lugares preferidos, com duas pessoinhas muito legais: A Monique (que eu conhecia apenas no mundo virtual) e a Cali (amiga da Monique que passou a ser minha amiga também). A sintonia foi imediata, parecia que a gente já se conhecia há muitos anos. Sensacional!

Para quem não sabe, a Avenida Paulista tem mais de um século de história. Por ter uma grande importância comercial e financeira, recebeu o título de “Wall Street brasileira”, mas nós também a apelidamos de “A mais paulista das avenidas” e também de “5ª avenida brasileira”.

O projeto da avenida foi desenvolvido por um engenheiro uruguaio e segundo consta, o projeto visava a construção de uma via com quase 3 Km de extensão seguindo o estilo de avenidas européias (com um jardim formando um canteiro central.)

A história conta que os barões do café migraram para a capital paulista erguendo palacetes deslumbrantes na Avenida Paulista, transformando-a num empreendimento residencial de luxo. Durante anos foi exclusivamente uma área residencial, mas aí, com o crescimento do comércio na região, os palacetes foram sendo substituídos por prédios comerciais e residenciais. Uma pena! Mas ainda é possível ver alguns poucos que restaram. Infelizmente, nem todos os que sobraram estão em boas condições.

img_20161023_0055061
Arquivo pessoal

Também fomos ao Mercado Municipal de São Paulo ou Mercado Municipal Paulistano (também conhecido como Mercadão ou antigo Mercado Central, fica bem perto da Paulista e é um ponto turístico muito frequentado em São Paulo).

O Mercadão foi projetado por Ramos de Azevedo, possui 12600m² , 300 standes com vários tipos de produtos e vitrais que vieram da Alemanha. Dizem que é o único lugar de São Paulo onde é possível encontrar frutas fora de época.  E como tem fruta! Algumas são maiores do que o padrão considerado normal!

À princípio, funcionava a céu aberto em plena Rua 25 de Março – importante rota de compras para sacoleiros e afins. No Mercadão também tem artesanato viu? Artesanato e outras cositas más.

Quer saber mais sobre o Mercadão? Clique aqui.

E como não poderia deixar de ser, demos umas voltas na 25 de Março né gente? kkkkk

 

Quem quiser ver outras fotos, é só clicar aqui.

Foi um dia incrível e inesquecível! Tem um dia inesquecível na sua vida também? Então comente! Quero ler sua história.

Bjs e até a próxima!

Anúncios

6 comentários em “Um dia na Paulista

  1. Semana passada o Facebook tava me lembrando sobre nosso dia de turista por São Paulo, deu maior saudade daquele dia. Mas o lado bom de tirar amigos da internet e trazer para a vida “real” e que a gente ainda vai ter muita oportunidade de repetir dias como esses. E espero a senhorita aqui em NY okay ;)

    Eu não conhecia a historia nem da Paulista nem do Mercado Municipal, achei bem interessante, e vale super a pena conhecer. Lembrei das nossas voltas pela 25 de Março…rsrsrs…sabe que ate hoje lembro daquela caixa que não tinha troco pra $50 e eu fiquei indignada, e uma loja que vendia umas bijouterias feias pra cacete e tudo caro, e a cara de sebo da vendedora…rrsrsrs…seria tão legal se a gente pudesse voltar no tempo e reviver dias especiais como esse.

    Beijinhos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Nossa! Imagina eu em NY!!! Menina… kkkk Algum dia irei sim, com certeza! Conhecer NY é um dos itens da minha Wishlist! A gente vai botar prá quebrar!
      Pois é, Monique, acabei descobrindo que isso é ilegal, se eu soubesse disso naquela época, tinha exigido nossos direitos! Que povo malandro!

      Curtir

  2. Que delicia de passeio. Eu sou paulistana e conheço esses pontos. Deu uma saudade daquela avenida, do mercadao com o seu pastel de bacalhau ou do formigueiro que é a 25. Espero poder ir lá de novo com familia e fazer a festa a cada estaçao de trem.

    Curtir

    1. Que bonito né?! Quando vier me avisa prá gente ir lá juntas! Não pense que vai escapar de mim viu?!
      bjs… Estava com saudade de você por aqui!

      Curtir

  3. Quando estou por aí, meu lugar preferido pra ir passear é a Paulista…é tudo de bom andar de ponta a ponta…ver gente, o movimento, os prédios…entrar ali no Conjunto Nacional…eu simplesmente me sinto em casa. Ahhh a Casa das Rosas também…a gente faz uma viagem no tempo.

    Curtido por 1 pessoa

Obrigada por comentar. Seu comentário aguardará aprovação. Comentários grosseiros e mal educados não serão respondidos, nem publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s